Adultério – Pecado imperdoável?

infidelity-379565_640A maioria de nós condena o adultério, e, se alguém nos perguntar, diremos que adultério é a traição amorosa entre um casal.
O adultério significa muito mais do que isso, precisamos saber disso antes de entender o que a bíblia faz a ligação entre o pecado e o adultério.

 

O que é o adultério para nós?

Dicionário: Relacionamento amoroso com pessoa do sexo oposto com intenção ou não de relacionamento sexual, onde qualquer uma das partes já possua um relacionamento compromissado.

Consideramos adultério o ato de desejar a mulher ou marido do(a) próximo(a), namorar mesmo sem sexo ou relacionar-se sexualmente com outra pessoa , fora do seu casamento.

 

O que é o adultério para a bíblia?

Resumidamente, segundo a palavra de Deus, Biblicamente falando, mesmo que você não tenha contato físico com o sexo oposto fora do casamento, mas só tenha pensado neste relacionamento já adulterou.

Na Bíblia, adultério costuma se referir às relações sexuais consensuais entre uma pessoa casada (homem ou mulher) e alguém que não é seu cônjuge. (Jó 24:15; Provérbios 30:20) O adultério é detestável aos olhos de Deus. No antigo Israel, essa ação era punida com a morte. (Levítico 18:20, 22, 29) Jesus ensinou que seus seguidores não devem cometer adultério. (Mateus 5:27, 28; Lucas 18:18-20).

[Êxodo 20:14]
Não adulterarás.

[Levítico 20:10]
Se um homem cometer adultério com a mulher de outro homem, com a mulher do seu próximo, tanto o adúltero quanto a adúltera terão que ser executados.

Na Bíblia, a palavra adultério designa também a infidelidade do povo de Israel com Deus. A imagem do povo que se afasta de Deus é definida como uma mulher adúltera. Deus para enfraquecer a ideia de castigo a quem pratica o adultério, vai se aproximar do povo de Israel, que o abandonou, levá-lo novamente ao deserto e falar-lhe ao coração. Deus quer reconquistar o povo para si e não mais castigá-lo.

 

O adultério põe fim ao casamento?

[Mateus 5:32]
Mas eu digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, faz que ela se torne adúltera, e quem se casar com a mulher divorciada estará cometendo adultério.

A Bíblia não proíbe o fim do casamento caso o seu cônjuge cometa imoralidade sexual [Mateus 19;9]. Ou seja, depois da infidelidade ter sido cometida, o lado inocente do casal pode sim decidir se continuará com o infiel, ou se divorciará, mas isso cada um, pessoalmente, deve decidir [Gálatas 6:5].

Para Deus, o matrimônio é uma união sagrada para toda a vida [1 Coríntios 7:39]. Deus odeia quando as pessoas buscam o divórcio por qualquer motivo fútil que seja, por exemplo, quando simplesmente não está satisfeito com o parceiro.

A punição para o adultério

A primeira punição mencionada na Bíblia para os adúlteros é no caso de Judá e Tamar, em Gênesis 38:24, onde a punição é a fogueira. Outro que a Bíblia menciona é a mutilação [Ezequiel 23:25]. Um meio Talmúdico posterior é o estrangulamento. Porém, o método mais usado e com apoio bíblico era o apedrejamento, sendo o único confirmado por lei [João 8:5, Deuteronômio 22:22, Ezequiel 16:40].

[Hebreus 13:4]
O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro; pois Deus julgará os imorais e os adúlteros.

O adultério sempre foi uma prática criticada e punida nos tempos antigos. Existem documentos que provam que babilônicos, assírios, persas, egípcios, gregos e romanos castigavam esta pratica sexual.

[Levítico 20:10]
Se um homem cometer adultério com a mulher de outro homem, com a mulher do seu próximo, tanto o adúltero quanto a adúltera terão que ser executados.

O castigo ao adultério foi determinado em um ambiente em que mulheres eram consideradas propriedade do homem (o pai e depois o marido) e sem direitos plenos.

 

O adúltero tem salvação?

O adultério é um pecado que pode ser perdoado. A Bíblia nos diz que Deus tem misericórdia com os que se arrependem de seus pecados e deixam de ter uma conduta errada, incluindo o adultério [Atos 3:19, Gálatas 5:19-21].
De fato, a Bíblia comenta sobre homens e mulheres que deixaram de adulterar e após isso se tornaram amigos de Deus [1 Coríntios 6:9-11].

Deus mostrou misericórdia ao Rei Davi da antiga Israel. Davi cometeu adultério com a esposa de um dos oficiais de seu exército [2 Samuel 11:2-4].

 

Perdoando uma adultério

Jesus disse que uma pessoa pode cometer o adultério em seu coração mesmo sem o fazer com seu corpo. Deus perdoou Davi por sua traição com Betsabé e Jesus perdoou as mulheres adúlteras que quase foram apedrejadas até a morte. Isso implica que Deus quer que as pessoas perdoem esse pecado quando o transgressor possui um coração arrependido.

A Bíblia não menciona especificamente uma pessoa por perdoar um cônjuge pelo adultério. Ela diz que é errado, mas também afirma que não é pior do que outros pecados. A Bíblia também aponta que o pecado pode ser cometido apenas no coração. Deus perdoou Israel por esse pecado várias vezes, o que implica que nós também devemos perdoar quando a outra pessoa tem um coração penitente. Veja o Salmo 51 para um exemplo de um coração arrependido após o adultério.

 

 

[Salmos 86:5]
Pois tu, Senhor, és bom, e pronto a perdoar, e abundante em benignidade para todos os que te invocam

[1 João 1:9]
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça

[Miquéias 7:19]
De novo terás compaixão de nós; pisarás as nossas maldades e atirarás todos os nossos pecados nas profundezas do mar

Comentários

comentários

Você pode gostar...