• Sem categoria

“Deus faz nossas malas de acordo com o nosso propósito”, diz Helena Tannure na pregação

Durante uma pregação com o tema “Propósito”, a pastora Helena Tannure usa uma metáfora para mostrar o “cuidado de Deus” na vida de cada pessoa. “Deus faz nossas‘ bolsas ’de acordo com nosso propósito”, ela começou.
Ela explica que de acordo com o destino, Deus prepara a “bagagem” de cada um, de acordo com o que vai precisar durante a viagem. “Mas há muitas pessoas que ficam de olho nas malas umas das outras. As pessoas dizem coisas como: “Quantas coisas nessa bagagem; essa pessoa canta, brinca e profetiza ‘. E assim a gente olha a vida do irmão e não olha a nossa “, alertou.
Ela aponta a comparação como uma forma de competição. “Isso gera divisão, inveja, calúnia e o pior, a pessoa deixa de cumprir seu propósito por se preocupar muito com a vida dos outros”, disse ela.
“Não ignore o que Deus colocou em suas mãos”
Muitas pessoas se perdem em seus destinos e não acertam o alvo. “Qual é o seu propósito? O que você está aqui para? Já sabe o que tem na sua bagagem? “, Ela fez as perguntas e apresentou uma gama de possibilidades de respostas.
“Existem pessoas que cantam e encenam peças, mas não podemos falar apenas de talentos artísticos. Existem pessoas com capacidade de organização, outras com capacidade de liderar com sabedoria, outras que promovem a reconciliação. Há conselheiros e outros que hospedam abrindo a porta da casa e do coração “, mencionou.
Tannure explica que muitos estão nos bastidores, mas cumprindo seu propósito e isso gera neles um sentimento de valor e significado que é independente dos olhos dos outros e dos holofotes.
Existem ambientes que servem de “fachada” para a Igreja atuar
O pastor explica que, muitos questionam o que um cabeleireiro pode fazer pelo Reino de Deus, por exemplo. “Você não sabe de nada, inocente”, ela brincou. “Já ouvi de vários profissionais que mulheres angustiadas ou deprimidas vão ao salão de beleza. Muitos tentam resolver o problema que está de dentro para fora “, justificou.
Para ela, o salão de beleza é apenas uma isca, é apenas uma fachada. “Porque onde está a Igreja do Senhor, há propósitos cumpridos”, defende. “Sou Igreja quando for cabeleireira, bancário ou varrer as ruas, porque onde quer que eu esteja, o ambiente será transformado”, afirmou.

“Você serve nos dias bons e nos dias ruins”
Tannure enfatiza que em dias ruins e sombrios, é o dia da luz para brilhar e fazer a diferença. “Então brilhe pelo propósito que Deus lhe deu e o que está na sua bagagem, dentro da sua mala”, reforça.
Encoraja as pessoas a desempenharem seus papéis. “Cante, ore, aconselhe, cuide, pregue, ouça … Faça a sua parte. Podemos viver um grande avivamento durante esta pandemia “, anunciou ela.
Refletindo sobre os dias ruins vividos pela humanidade, durante a pandemia de Covid-19, Tannure vê a obra de Deus, nos dando uma nova oportunidade. “Ele desacelerou o mundo e abriu uma porta para refletirmos sobre nossas atitudes e entendermos por que estamos aqui”, disse ela.
“Não podemos ficar confinados em nosso gueto do evangelho”
“Este não é o propósito de Deus, que permaneçamos confinados em um gueto do evangelho, separadamente. O propósito de Deus é a salvação. Estamos na Terra para que outras pessoas possam conhecer a Cristo como nós “, lembrou ela.
“Vivemos na superficialidade da religião? Nossa fé não pode ser egoísta, não se trata apenas do que o Senhor quer fazer “em nós”, mas “através de nós”. O que Ele faz, passa por nós e nos cura, nos transforma e nos liberta, mas depois se derrama em outras vidas “, reconheceu.
Ela encerra falando sobre propósito, aplicando-se ao contexto atual vivenciado por todos. “Durante a pandemia, que você seja uma benção dentro de casa, mas quando esse confinamento acabar, seja uma benção andar por aí – compras, escola, faculdade, dentro da igreja e ‘fora da igreja’, principalmente”, ele concluído.

Veja também

Veja mais em Guia-me – Mundo Cristão

Comentários

comentários

Você pode gostar...