• Sem categoria

Feliciano explica postagens e diz que já sofreu de depressão

Nesta semana, o congressista Marco Feliciano (Podemos / SP) conseguiu seu nome entre os Trending Topics do Twitter. O motivo foi a enxurrada de críticas recebidas ao fazer uma pesquisa em sua página oficial no Facebook, onde ele perguntou se a depressão era “causada por uma doença natural ou por demônios”.

Foram quase 500 mil respostas e, até o momento, 80% dos internautas opinaram que a depressão é causada por uma doença, os outros 20% acreditam que é uma influência demoníaca.

consulte Mais informação

    Entre os milhares de comentários, muitas pessoas optaram por publicar esclarecimentos sobre depressão, do ponto de vista médico e da psicologia. Alguns dos seguidores preferiram ofender o pastor zombando da possibilidade de que ela tivesse algum conhecimento espiritual.

    No entanto, a hipótese levantada pelo pastor acabou se tornando grande quando se tornou alvo de sites ideologicamente ligados à esquerda. Similar ao que aconteceu em 2013, quando presidiu a Comissão de Direitos Humanos e Minoritários de Camara, Feliciano foi atacado e ridicularizado

    Obviamente o assunto na pesquisa de Feliciano visava o debate de uma questão séria, que atinge milhares de pessoas em todo o país. Como dito por dados da Organização Mundial da Saúde, é uma doença que atinge 5% da população mundial.

    Somente neste sábado (7), o pastor falou sobre a repercussão.

    Ele fez dois textos no Facebook. No primeiro, denunciou que “há perseguição religiosa declarada no Brasil” e “preconceito contra nossa fé”. Ele reiterou sua convicção de que os “demônios” existem e operam neste mundo escuro, mas há um poder que os mantém: A igreja de Cristo em oração! ‚€.

    Ele então fez outro texto, onde explicou sua compreensão de que “a ciência e a fé podem caminhar juntas”. Ele também relatou que sofreu de depressão, embora sem dar detalhes.

    O parlamentar também enviou uma mensagem aos seus detratores: “Diferente dos idiotas inúteis de plantão que não conseguem entender, isso é uma pesquisa, eu respeito suas opiniões, suas crenças. Fico feliz pelo “barulho” causado, afinal o bom debate em uma democracia é saudável e necessário.

    Ele acrescentou que sua motivação para a pesquisa foram os casos no ano passado de “alguns pastores [que] cometeram suicídio, e não houve respeito pela dor de suas famílias, o mesmo aconteceu nestes dias com um evangélico. Ele é bem conhecido, atacado por irmãos que o acusam de ter depressão por “motivos” que não são adequados para serem expostos aqui.

    Feliciano diz que ficou surpreso com a reação de seus seguidores: “O mundo espiritual é nossa colheita, afinal sou pastor. Mas para minha surpresa descobri que há muitas pessoas que me seguem e não professam a fé cristã, ou são cristãos apenas pelo nome, porque os cristãos verdadeiros não repreendem, eles não têm cafetão de linguagem, e mesmo que ofenda alguém em pouco tempo, ele se arrepende e tem a coragem de pedir desculpas e perdoar.

    Veja mais em Gospel Prime – Mundo Cristão

    Comentários

    comentários

    Você pode gostar...