• Sem categoria

Luciano Up vai alertar para a falta de ensino sobre o inferno: “Barateamos o Evangelho”

Em pregação recente, compartilhada em seu canal no YouTube, o pastor Luciano Subirá alertou a igreja sobre a falta de abordagem do tema bíblico “inferno” e como ele pode afetar a vida das pessoas hoje.
Como dito por ele, a sociedade moderna acusa os cristãos de “manipulação” quando pregam sobre o inferno e a condenação. Talvez seja por isso que os líderes da igreja estão evitando esse problema.
“Devemos nos calar sobre a realidade do inferno para não causar nenhum tipo de medo nas pessoas?”, Questionou. Depois, lembrou que foi o próprio Cristo quem disse: “Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenha medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno “. (Mateus 10:28)
O inferno é real?
Durante a mensagem intitulada “Remidos do Inferno”, o teólogo lembra que muitos tentam negar a realidade do inferno usando a própria Bíblia. “Isso realmente me incomoda porque as Escrituras falam sobre o inferno muito claramente”, ele ressaltou.
Existem consequências quando os pregadores tentam abolir o inferno, segundo o Subirá. “É claro que o foco da mensagem de salvação não é o temor do inferno, mas a compreensão do amor de Deus, que nos ofereceu uma alternativa a não estar naquele lugar”, explicou.
“Cobras! Raça de víboras! Como você escapará da condenação ao inferno? “Citando o texto bíblico de Mateus 23,33, ele reforça que Jesus confirmou a existência do inferno e a realidade da condenação.
Se Deus é amor, por que Ele criou o inferno?
“Então ele dirá aos que estão à sua esquerda: Malditos, partam de mim para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.” (Mateus 25,41)
O pastor também menciona que a Bíblia é clara quando diz que o inferno foi preparado para o diabo e seus anjos que se rebelaram contra Deus. “As pessoas que serão destinadas a este lugar o serão porque seguiram o mesmo caminho de rebelião”, acrescenta.
“Na verdade, o inferno não foi criado para o homem, mas a mesma Bíblia que mostra Deus se revelando com amor, mostra que Ele também se revela com justiça. Ele não fechará os olhos, Ele será justo. Só irão para o inferno quem se rebela e não aceita a libertação que Ele oferece “, esclareceu.
O pastor também ressalta que Deus oferece esta salvação, mas que o ser humano tem sua responsabilidade e participação nela. Citando John Stott (1921-2011), teólogo britânico e renomado nos tempos modernos: “Nós desvalorizamos o Evangelho quando o retratamos apenas como algo que nos liberta da tristeza, medo, dor, culpa e outras necessidades pessoais, em vez de apresentá-lo com uma força que nos liberta da ira vindoura “, frisou.

Universalismo
Lembrando que a igreja de outrora falava muito mais sobre a realidade do inferno e que as pessoas entendiam o valor da salvação porque conheciam a condenação, o pastor faz uma comparação com a igreja do século atual.
“Evitando ser ofensivos ou por outros motivos, os cristãos preferem não falar muito sobre o inferno. Há um número crescente de pessoas que adotaram uma linha que, em teologia, chamamos de “universalismo”. É basicamente uma tentativa de dizer que no final, como Deus é amor, ninguém vai para o inferno “, disse ele.
“Mas tudo o que Cristo disse sobre o inferno é verdade. Se não fosse, então tudo o mais que ele disse não deveria ser levado a sério. Não podemos ignorar a realidade do inferno. Jesus o apresentou como um lugar de tormento eterno “, observou ele.
“Ele traz a pá na mão e vai limpar sua eira, recolhendo o trigo no celeiro, mas vai queimar a palha com um fogo que nunca se apaga.” (Mateus 3.12)
Com esse texto, Subirá sinaliza que João Batista estava fazendo alusão ao texto de Isaías 66,24 – “Eles sairão e verão os corpos dos que se rebelaram contra mim; seu verme não morrerá, seu fogo não se extinguirá e eles causarão repulsa a toda a humanidade. ”
Como dito por o pregador, existem vários textos bíblicos que esclarecem o que realmente significa inferno. E termina com o texto apocalíptico que diz: “O diabo, que os enganou, foi lançado no lago de fogo que arde com enxofre, onde a besta e o falso profeta já haviam sido lançados. Eles serão atormentados dia e noite, para todo o sempre. “(Apocalipse 20.10)
“Não pregamos a dúvida ‘vai haver um inferno’, partimos da certeza de que é real, mas graças a Deus que a forma de escapar também é real e verdadeira. É esta fé que deve ser comunicada (…) Portanto, que seja abraçada a oferta de amor que nos liberta da condenação eterna “, concluiu.
“Se, no entanto, você avisar o ímpio e ele não se desviar de sua maldade ou de seus maus caminhos, ele morrerá por sua iniqüidade, mas você ficará livre da culpa.” Ezequiel 3.19)

Veja também

Veja mais em Guia-me – Mundo Cristão

Comentários

comentários

Você pode gostar...