• Sem categoria

Ministério Público pede ação contra André Valadão por homofobia

Na última quinta-feira (15), o Ministério Público encaminhou denúncia-crime de entidades ligadas ao movimento LGBT contra André Valadão. A ação está sendo movida pelos grupos após o cantor e pastor responder a uma pergunta nas redes sociais, dizendo que a igreja não é um lugar que permite a homossexualidade.
Na ocasião, Valadão foi questionado se permitiria que dois homossexuais permanecessem na igreja como casal.
“Eles podem ir a um clube gay ou algo assim, mas na igreja não funciona. Essa prática não se encaixa na vida da igreja. Há muitos lugares onde os gays podem viver sem nenhum tipo de constrangimento, mas a igreja é um lugar para quem deseja viver os princípios bíblicos “, respondeu o pastor.
Duas entidades – ABMLBT (Associação Brasileira de Mulheres Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais) e GADvS (Grupo de Advogados pela Diversidade Sexual e de Gênero) – entraram com pedido, em 29 de setembro, de instauração de processo criminal contra o pastor, por homofobia, que desde o ano passado, por decisão do STF, está prevista como crime pela Lei Antirracismo (7.717 / 1989).
As entidades que apresentaram o pedido afirmam que André Valadão “reafirmou um cenário de subjugação, inferioridade, desumanização e exclusão dessas pessoas [LGBTQIA +] em ambientes religiosos, fazendo um discurso de intolerância”.
Reino de Deus e mudança de vida
Depois que sua resposta gerou polêmica em setembro, André Valadão pregou em sua igreja, Lagoinha Orlando, sobre o pecado e explicou que, embora o Reino de Deus não exija que o ser humano seja perfeito, exige que as pessoas busquem uma mudança de vida.
“A Igreja Cristã fala do pecado, mas não aponta o pecado. Cantamos sobre a graça, mas e a graça? A graça que nos aceita e nos perdoa. Mas a questão é que interpretamos o pecado à nossa maneira, porque a igreja, eu me incluo nela, a Igreja de Cristo não disse o que é pecado “, disse ele. “O reino de Deus é para quem quer mudar de vida”.
Veja também

Veja mais em Guia-me – Mundo Cristão

Comentários

comentários

Você pode gostar...