• Sem categoria

No deserto

“Assim diz o Senhor:” Eu te coloquei no deserto para saber o que estava em seu coração. “Deut. 8.2.
Eles dizem que o deserto é a escola de Deus. E é verdade.
O deserto não é um acidente na estrada, mas uma agenda de Deus, a própria escola de Deus. O deserto é onde Deus trabalha em nós e depois trabalha através de nós.

No deserto, temos um tempo difícil, mas não para ser destruído, mas para ser fortalecido e restaurado. Na escola aprendemos, não é? Da mesma forma, no deserto, Deus quer que aprendamos algumas lições preciosas, uma delas é a seguinte:

O deserto não é um lugar definido do povo de Deus, mas um portal para uma terra bonita que deveria ser conquistada.

O Livro dos Números na Bíblia, tem o seu nome como “no deserto” na variação hebraica, porque o deserto é onde todos os fatos narrados neste livro aconteceram. Muitos no Antigo Testamento não confiavam em Deus e apressadamente morriam no deserto, ou em outras palavras: “nadavam, nadavam e morriam na praia”.

O deserto tende a nos deixar realmente desencorajados, o clima é desfavorável, o ambiente é desconfortável. Desertos, em geral, têm a reputação de poder sustentar pouca vida. Mas é no calor escaldante do deserto, neste lugar árido e desconfortável que descobrimos a fonte da água da vida, as águas divinas.

É no deserto que estamos preparados, moldados, fortalecidos para conquistar o lugar ideal. Não há como chegarmos a um lugar definitivo sem primeiro pisar em terra transitória. E eu acho que a descrença é o principal fator que atrasa nossa viagem e nos faz girar e girar uma vez que o caminho é reto.

Como diz um antigo hino bíblico: Para pastos muito verdes, no calor ou no calor, Deus guia seus filhos em paz. Pelas montanhas ou junto ao mar, junto à fornalha vem os testes. Através das tristezas, mas sempre cantando, Deus guiará seus filhos em paz.

Se desistirmos, morreremos no deserto sem ver a terra prometida, e na maioria das vezes, quando estamos prestes a desistir, a longa jornada já acabou.

Lembre-se, todas as pessoas que foram treinadas por Deus no deserto (Elias, Moisés, Paulo, etc.) foram grandemente usadas por Ele. Quanto mais intenso o treinamento, mais qualificados estamos para cumprir o chamado de Deus em nossas vidas.

Não precisamos ter medo do deserto, pois o deserto é apenas uma passagem, e quem nos leva a esta escola é Deus, e Ele está encarregado deste treinamento, sempre buscando o nosso bem.

No deserto, conhecemos mais de Deus e descobrimos quem somos.

“Às vezes, não importa o quanto pedimos, Deus não muda o clima do deserto, Deus usa o clima do deserto para nos mudar.” (Frase @PrChinelato em seu twitter)

www.raissabomtempo.blogspot.com.br
@raissabomtempo -twitter

Veja mais em Gospel+ – Jovens

Comentários

comentários

Você pode gostar...