• Sem categoria

“Precisamos clamar a Deus por ajuda”, disse Franklin Graham no Dia de Oração e Jejum

O memorial de Lincoln, na capital Washington, foi palco de mais um dia de culto no domingo (25), que reuniu cristãos de diferentes partes dos EUA. A data também atendeu ao apelo do Pr. Franklin Graham para orar pelo país em um “momento crítico”.
Milhares de pessoas participaram do dia dedicado à oração e ao jejum pela nação, quando os cristãos louvaram e oraram por um avivamento no país, pela aprovação de Amy Coney Barrett como juíza da Suprema Corte e contra as leis que facilitam o aborto.
Franklin Graham pediu à nação que orasse pelo resultado da eleição no domingo: “Nossa nação está em um momento crítico, precisamos clamar a Deus por sua ajuda.”
O evento atraiu milhares de pessoas em uma ótima resposta ao apelo feito pelas redes sociais.
O presidente e CEO da Associação Evangelística Billy Graham pediu aos americanos que orassem tanto pela “direção do país” quanto pelo resultado da eleição presidencial, daqui a pouco mais de uma semana.
“Hoje, nossa nação está em um momento crítico. Precisamos clamar a Deus por sua ajuda, sua intervenção e sua misericórdia. É apenas por suas mãos que a América sobreviverá e poderá prosperar novamente “, disse Graham em sua mensagem pública.
O pastor também levou sua mensagem ao Twitter, pedindo a seus 2,4 milhões de seguidores que “olhassem através das lentes da palavra de Deus quando fizessem uma pesquisa e votassem”.
Graham liderou uma marcha de oração no mês passado em Washington, DC, onde milhares de guerreiros de oração compareceram para abençoar nossa nação.
“A oração é a nossa arma mais importante. Isso nos permite ir diretamente ao Rei dos Reis, ficar diante do trono da graça e fazer nossas petições conhecidas diretamente a Deus “, disse Graham.
Vários eventos de adoração aconteceram em todo o país em vários locais este ano, todos com o mesmo propósito: trazer a América de volta ao seu primeiro amor e se arrepender diante de um Deus santo.
Veja também

Veja mais em Guia-me – Mundo Cristão

Comentários

comentários

Você pode gostar...