• Sem categoria

Voluntários cristãos tentam evitar suicídios em estações de trem

No ano passado, 237 pessoas cometeram suicídio em linhas ferroviárias e de metrô no Reino Unido. Mas há um grupo de cristãos que querem evitá-lo.

Uma equipe de voluntários dos Pastores Ferroviários circula pelas estações de trem tentando salvar vidas.

O projeto começou em 2014 e atualmente abriga 100 voluntários que trabalham regularmente em cinco regiões do Reino Unido. O trabalho é oficialmente reconhecido pela polícia e é uma extensão dos Pastores de Rua, que nos fins de semana ajuda e alimenta as pessoas que vivem nas ruas.

consulte Mais informação

    Como dito por a voluntária Pam Almond, “em várias ocasiões, vimos pessoas que pareciam estar no limite e, quando nos aproximamos, queriam apenas conversar”. Ela diz que seu trabalho é basicamente lá. “Não temos certeza sobre o que as pessoas estão pensando e sobre o que elas estão preocupadas. Você só pode especular sobre o que ele ouve e vê, revelou a BBC.

    Eles andam nas estações e, além de tentar identificar potenciais suicídios, ajudam os passageiros que precisam de primeiros socorros e oferecem conselhos para manter as estações seguras.

    A cidade de Reading foi a primeira a receber o projeto fora de Londres. Desde 2015 tem “pastores” e, segundo o grupo, os incidentes com morte caíram em um terço.

    O voluntário Simon Vaney explica que “a vontade de cometer suicídio vem e vai”. “Se você consegue manter as pessoas conversando, incentive-as e dê-lhes algum apoio, isso pode fazer a diferença”, acredita ele.

    Já Anna Henson diz que muitas vezes se assusta com o comportamento das pessoas. “Eu vi alguns chegando muito perto da borda das plataformas, especialmente adolescentes falando ao celular”, diz ele. “Eles não percebem que um trem pode vir e arrancar seus braços ou até matá-los”, explica ele.

    Todos os Trailers são treinados pela organização Samaritans, dedicada à prevenção do suicídio. Os homens e mulheres que patrulham as plataformas acreditam que eles fazem a diferença. “Estamos aqui e nos preocupamos”, disse o voluntário Roger Clark.

    Veja mais em Gospel Prime – Mundo Cristão

    Comentários

    comentários

    Você pode gostar...